- PUBLICIDADE -

Maioria no STF mantém suspensão de operações em favelas no Rio

Coronavírus ameaça capacidade de subsistência dos moradores das favelas
Imagem: Tomaz Silva/Agência Brasil

Seis ministros do STF já se posicionaram em apoio à liminar concedida por Fachin.

- PUBLICIDADE -

A maior parte dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) referendou a liminar que suspendeu operações policiais em favelas do Rio de Janeiro em meio à pandemia de coronavírus.

Até o momento, nesta terça-feira (4), seis ministros do plenário do STF já se posicionaram em apoio à liminar concedida pelo relator, o ministro Edson Fachin, em junho.

Além de Fachin, votaram pela manutenção da medida:

  1. Marco Aurélio Mello;
  2. Rosa Weber;
  3. Ricardo Lewandowski;
  4. Gilmar Mendes;
  5. Cármen Lúcia.

A liminar foi concedida no âmbito da ADPF (Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental) 635, movida pelo PSB com o apoio de diversas instituições da sociedade civil e da Defensoria Pública do Rio, destaca o portal UOL.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -