Mais de 100 políticos assassinados no México desde 2017

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

À medida que as eleições do próximo mês se aproximam, o governo mexicano continua com sua incapacidade em fornecer segurança básica para seus cidadãos, inclusive para os políticos, cujo número de assassinatos excede 100.

De acordo com estatísticas compiladas pela Etellekt na Cidade do México, 11 políticos foram assassinados por mês de 8 de setembro de 2017 a 26 de maio de 2018.

O relatório atualizado indica que no último trimestre, houve três ataques por dia relacionados ao processo eleitoral em todo o país.

O ataque mais recente, que não foi abordado no relatório, envolve o caso de Rodrigo Salado, candidato a vereador no município de San Marcos na Costa Chica de Guerrero, que foi assassinado por três pistoleiros. Eles conseguiram fugir e permanecem sem identificação.

Pelo menos 103 políticos foram assassinados desde o início do processo eleitoral e outros 112 receberam ameaças. Em 67% dos homicídios, as vítimas foram atacadas por homens armados de forma específica.

Em 16% dos casos, as vítimas foram encontradas com sinais de tortura ou outros métodos de violência extrema. Aproximadamente 83% das vítimas foram executadas com características comumente associadas aos ataques do crime organizado.

 

Traduzida e adaptada de Breitbart

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.