Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Mais de 200 covas coletivas de vítimas do EI encontradas

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Mais de 200 covas coletivas de vítimas do EI encontradas

Mais de 200 covas coletivas foram descobertas no Iraque, em áreas previamente controladas pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira (6).

As valas contêm os restos mortais de milhares de vítimas do grupo extremista islâmico, que entre junho e dezembro de 2014 dominou grandes faixas do norte do Iraque.

Entre os mortos há mulheres, crianças, idosos e deficientes, além de membros das Forças Armadas e da polícia do Iraque, segundo relatório da ONU.

As valas estão concentradas em quatro províncias no norte e no oeste do país, perto da fronteira com a Síria.

O Estado Islâmico se instalou nestas áreas até ser derrotado por forças iraquianas apoiadas por uma coalizão liderada pelos Estados Unidos em dezembro de 2017.

A ONU estima que as 202 valas documentadas em seu relatório contêm entre 6 mil e 12 mil corpos, mas disse que é difícil estabelecer números exatos porque apenas 28 valas foram escavadas, com 1.258 corpos exumados.

 

Adaptado da fonte Reuters

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email