Português   English   Español
Português   English   Español

Mais de 600 mil assinaturas em abaixo-assinado por voto aberto na Câmara e Senado

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Mais de 600 mil assinaturas em abaixo-assinado por voto aberto na Câmara e Senado

O abaixo-assinado que pede votação aberta nas eleições da Câmara e do Senado superou as 600 mil assinaturas nesta terça-feira (15).

“A publicidade e transparência dos atos públicos são princípios constitucionais”, diz um trecho do texto do abaixo-assinado publicado no site “Change.org“.

O procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, está sendo um dos principais incentivadores da iniciativa.

“Já são mais de MEIO MILHÃO DE ASSINATURAS em APENAS 3 DIAS (a média é 2 por segundo!)”, disse Dallagnol em publicação no Twitter nesta segunda-feira (18).

O número subiu bastante nas últimas horas. O objetivo da campanha é alcançar 1 milhão de assinaturas. No momento de produção desta matéria, o abaixo-assinado contava com pouco mais de 618 mil nomes.

Confira a íntegra do texto do abaixo-assinado e, caso tenha interesse, assine clicando AQUI:

A Constituição estabelece a eleição para a Presidência da Câmara e do Senado a cada dois anos, sempre em 1º de fevereiro, porém não define se aberta ou fechada. A publicidade e transparência dos atos públicos são princípios constitucionais. Portanto, pedimos aos, até então, excelentíssimos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Eunício Oliveira, que estabeleçam a votação aberta para a eleição das Mesas Diretoras, tornando possível a fiscalização dos parlamentares pela população.

Antes do início do recesso, o ministro Marco Aurélio (STF) aceitou um mandado de segurança que determinava que a votação para a Presidência do Senado fosse feita de forma aberta. De acordo com o ministro do Supremo, em decisão liminar sobre o voto aberto no Senado, em 19 de dezembro de 2018: “Prevalece, como direito inalienável dos cidadãos, a submissão dos atos de exercício de poder, tanto do Executivo como do Judiciário e do Legislativo, à luz meridiana”.

No dia 08/01/2019, foi protocolada ação no STF pedindo que a eleição para os cargos da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, incluindo a Presidência, fosse realizada por votação aberta.

Vivemos um momento propício para pressionarmos os parlamentares, que nós elegemos, a fim de que estabeleçam o voto aberto para a escolha das Mesas Diretoras (incluindo as Presidências da Câmara do Senado). Essa é uma demanda legítima dos cidadãos, que exigem poder acompanhar e cobrar os parlamentares eleitos. Os cidadãos brasileiros desejam absoluta transparência em torno de todos os processos que envolvam os trâmites na Câmara e no Senado. O voto secreto, na contramão do anseio popular e do princípio constitucional, prejudica o processo democrático. Portanto, o abaixo assinado, pretende exigir voto aberto para as Presidências da Câmara e do Senado.

Nós nos comprometemos também em estar atentos à quaisquer retaliações que os parlamentares eleitos e apoiadores da iniciativa possam sofrer por outros representantes políticos, contrários a eleição aberta. A população brasileira está cansada de barganhas políticas e estamos comprometidos em combater estas manobras tão prejudiciais ao bem estar social.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: