Português   English   Español
Português   English   Español

Mais de mil procuradores definem lista tríplice para cargo de PGR

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Mais de mil procuradores definem lista tríplice para cargo de PGR

Nesta terça-feira (18), cerca de 1,1 mil procuradores vão às urnas para eleger a lista tríplice para procurador-geral da República.

Os procuradores poderão escolher seus eleitos de um universo de 10 candidatos. A eleição começa às 10h e vai até 18h30. O resultado deve ser conhecido depois das 19h.

Os três nomes mais votados deverão ser levados ao presidente da República, Jair Bolsonaro, pela Associação Nacional dos Procuradores da República, que promove a eleição.

Cabe ao presidente escolher o chefe do Ministério Público Federal (MPF), conforme prevê a Constituição. No entanto, ele não é obrigado a indicar um nome presente na lista tríplice.

Confira os candidatos à lista, como noticiado pelo jornal Estadão:

1) José Robalinho Cavalcanti, ex-presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República;
2) Lauro Cardoso, procurador regional, paraquedista do Exército e secretário-geral do Ministério Público da União;
3) Vladimir Aras, procurador regional;
4) Blal Dalloul, secretário-geral na gestão do ex-procurador-geral Rodrigo Janot;
5) José Bonifácio da Andrada, ex-vice da gestão Janot;
6) Luiza Cristina Frischeisen, subprocuradora-geral;
7) Mário Luiz Bonsaglia, subprocurador-geral;
8) Paulo Eduardo Bueno;
9) Antonio Carlos Fonseca Silva;
10) Nívio de Freitas.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!