Português   English   Español
Português   English   Español

Mais Médicos buscava formar ‘núcleos de guerrilha’ no Brasil, diz Bolsonaro

Mais Médicos buscava formar ‘núcleos de guerrilha’ no Brasil, diz Bolsonaro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Bolsonaro disse que os médicos cubanos falharam em salvar Hugo Chavez e que o PT “estuprou” questão humanitária.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fez duras críticas, nesta quinta-feira (1º), ao programa “Mais Médicos” e aos cubanos.

Durante o lançamento do programa “Médicos pelo Brasil“, Bolsonaro afirmou que o objetivo do programa criado em 2013 pela então presidente Dilma Rousseff (PT) era formar “núcleos de guerrilha no Brasil”:

“Se os cubanos fossem tão bons assim, teriam salvado a vida de Hugo Chavez. Não deu certo, deu azar. Se os cubanos fossem tão bons assim Dilma e Lula teriam aqui no Planalto para atendê-los cubanos e não brasileiros.”

O chefe do Executivo afirmou ainda que tentou interferir na questão enquanto era deputado federal, mas que não teve sucesso porque “o Parlamento era conduzido de outra forma”, segundo o site Poder360.

Bolsonaro acrescentou que “a imprensa tinha um carinho muito especial com o governo, […] não falava numa questão muito a ver com direitos humanos. É que os cubanos não poderiam trazer seus familiares”.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...