Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Mais um ato de ilegalidade’, diz advogado de Eustáquio

Moraes prorroga prisão do jornalista Eustáquio
COMPARTILHE

“Mais um ato de ilegalidade do nobilíssimo relator do inquérito”, diz defensor de Eustáquio.

O advogado Paulo César Faria, que defende o jornalista Oswaldo Eustáquio, comentou, nesta sexta-feira (3), sobre o mandado de busca e apreensão determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, contra a residência do seu cliente.

Faria disse que não cabia a Moraes ordenar a busca durante o recesso do Supremo:

“O que a gente estranha é que desde o dia 1º de julho, quem decide nos processos é o presidente do STF [Dias Toffoli] nos casos de urgência. Até que se prove o contrário, não é nem um caso de urgência nem necessária a medida. Mas se fosse, quem deveria ter tomado a decisão era o presidente. Está no regimento interno, artigo 13, inciso VIII.”

Em conversa com o blog Antagonista, o advogado acrescentou:

“Mas como se está se tratando de STF e prisões arbitrárias, tudo está valendo. Mais um ato de ilegalidade do nobilíssimo relator do inquérito.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários