PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Mais uma denúncia de fraude eleitoral: desta vez na Armênia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O candidato derrotado ainda não reconhece o resultado das eleições na Armênia.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Nikol Pashinian, primeiro-ministro da Armênia, venceu com ampla vantagem as eleições legislativas antecipadas celebradas no domingo (20).

Os resultados oficiais preliminares foram contestados por seu principal rival, Robert Kocharian, que denuncia fraudes.

Kocharian disse que quer “examinar de maneira detalhada as supostas fraudes e as denúncias”.

E, enquanto estas perguntas não obtiverem respostas satisfatórias, o bloco não reconhecerá o resultado das eleições”, acrescentou ele.

As denúncias de fraude nas eleições estão se tornando corriqueiras nos últimos anos, começando por Donald Trump, nos Estados Unidos, até Keiko Fujimori, no Chile.

Segundo a apuração oficial, o partido Contrato Civil, de Pashinian, recebeu 53,9% dos votos.

Já o bloco Armênia, de Robert Kocharian, recebeu 21% dos votos.

O resultado permitirá a continuidade de Pashinian à frente do Executivo e a formação do governo sem a necessidade de aliança.

Já sabemos que conseguimos uma vitória contundente nas eleições e que teremos maioria significativa no Parlamento”, afirmou Pashinian.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.