Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Mais uma jornalista é condenada por ‘terrorismo’ na Turquia de Erdogan

COMPARTILHE

Defensores dos direitos humanos e dos jornalistas protestaram contra a sentença na Turquia.

Uma jornalista foi condenada na Turquia, nesta segunda-feira (7), a seis anos e três meses de prisão de prisão por “pertencimento a uma organização terrorista”. 

A decisão foi tomada por um tribunal de Diyarbakir, localizado na região sudeste de maioria curda. 

Aysegül Dogan foi condenada por pertencer ao “Congresso da Sociedade Democrática” (DTK), uma organização que as autoridades turcas acusam de vínculo com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado “terrorista” pelo regime islâmico de Recep Tayyip Erdogan

Dogan era jornalista e coordenadora de programas no IMC TV, rede de oposição e pró-curda, antes de seu fechamento pelas autoridades em 2016. 

Defensores dos direitos humanos e dos jornalistas protestaram contra a sentença de Dogan nas redes sociais compartilhando a hashtag em inglês #JournalismIsNotACrime (Jornalismo não é um crime, em tradução livre). 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Conan
Conan
1 mês atrás

Não sei porque esse ditador turco me lembra um certo careca do STF.

PUBLICIDADE