- PUBLICIDADE -

Mandetta regulamenta telemedicina para atendimentos durante pandemia

‘Não vacinar uma criança é um ato de negligência’, diz Mandetta

- PUBLICIDADE -

O objetivo da medida é a redução da velocidade de disseminação do coronavírus.

Em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), o Ministério da Saúde publicou uma portaria para regulamentar atendimentos médicos à distância.

A liberação da telemedicina ocorrerá excepcionalmente durante o período de pandemia da nova variante de coronavírus.

O objetivo da medida é “reduzir a propagação do Covid-19 e proteger as pessoas”, diz a nota da pasta do ministro Henrique Mandetta.

A modalidade poderá ser usada para atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, de consulta, monitoramento e diagnóstico no Sistema Único de Saúde (SUS) ou na rede privada.

De acordo com o texto, o atendimento por telemedicina será feito diretamente entre médicos e pacientes, por meio de tecnologia da informação e comunicação que garanta a integridade, segurança e o sigilo de informações.

Os médicos estão autorizados a emitir atestados ou receitas médicas desde que assinados eletronicamente e acompanhado de informações sobre o profissional, destaca o portal Terra.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -