Manifestante anti-Lula atropelado após tumulto em São Paulo

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.
Capa: Revista Veja/Reprodução

Um manifestante que protestava contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em frente ao Instituto Lula, no Ipiranga, em São Paulo, ficou ferido após ter sido empurrado e batido a cabeça em um caminhão que passava na via em frente ao local onde o petista estava.


De acordo com informações da VEJA:

O tumulto começou na saída do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), líder do PT no Senado, que foi hostilizado e começou a bater boca com o grupo de manifestantes. Um tumulto entre simpatizantes de Lula e os opositores começou, e o militante antipetista foi empurrado em direção à rua – não se sabe quem empurrou.

O manifestante teve ferimento na cabeça, que sangrou, e ficou estendido no chão por algum – logo depois, se levantou e foi levado para atendimento médico.

O site do jornal O Globo ofereceu mais detalhes sobre o ataque:

A agressão ocorreu quando três dirigentes petistas deixavam o prédio: o senador Lindbergh Farias, o tesoureiro Emídio de Souza e Márcio Macedo. O homem se aproximou e começou a xingá-los de ladrão. Um dos dirigentes gritou:

— Pega ele.

Uma pessoa ainda não-identificada foi atrás da vítima e a empurrou. O homem bateu a cabeça no para-choque de um caminhão e caiu no chão.

Ele ficou estirado na rua por cerca de cinco minutos, com parte do corpo sangrando. Depois disso, levantou e foi andando até hospital São Camilo, que fica do outro lado da rua.

No vídeo abaixo podemos ver o momento em que o manifestante é atacado por petistas em frente ao Instituto Lula.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

O vídeo abaixo mostra outro ângulo do ataque onde podemos identificar os rostos dos agressores.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...