Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Manifestantes acusam polícia da Bielorrússia de aplicar torturas

Há relatos de manifestantes que tiveram suas mãos queimadas por cigarro e que receberam choques elétricos.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Manifestantes acusam polícia da Bielorrússia de aplicar torturas
COMPARTILHE

O governo da Bielorrússia afirmou que, desde domingo (9), prendeu mais de 6,7 mil pessoas em meio aos protestos que questionam a reeleição do presidente Alexander Lukashenko

Centenas de detidos foram liberadas na manhã desta sexta-feira (14). Muitas delas contaram que apanharam e foram torturadas, destaca o jornal Gazeta do Povo.

Pelo menos duas pessoas morreram, uma delas sob custódia da polícia, e várias ficaram feridas.

Há relatos de manifestantes que tiveram suas mãos queimadas por cigarro, que receberam choques elétricos e apanharam enquanto estavam presos. 

Os detidos também contaram que as celas estavam lotadas e que foram privados de sono, de atendimento médico e até de comida e água. Uma mulher descreveu ter sido espancada e ameaçada de estupro coletivo. 

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.