Português   English   Español

Mano Brown vaiado ao criticar PT em comício pró-Haddad

Mano Brown vaiado ao criticar PT em comício pró-Haddad

“Falar bem do PT pra torcida do PT é fácil. Tem uma multidão que não tá aqui que precisa ser conquistado”, disse o cantor Mano Brown em discurso na noite desta terça-feira (23).

O rapper Mano Brown estragou a festa do presidenciável Fernando Haddad (PT) no Rio de Janeiro. Em seu discurso, ele analisou a derrota petista:

Se não está conseguindo falar a língua do povo vai perder mesmo. Falar bem do PT para a torcida do PT é fácil.

Escutando algumas vaias, ele acrescentou:

Eu não vim aqui pra ganhar voto, porque eu acho que já tá decidido. Agora, se falhou, vai pagar. Quem errou vai ter que pagar mesmo.

E finalizou:

Não gosto do clima de festa. O que mata a gente é a cegueira e o fanatismo. Deixou de entender o povão já era. Se nós somos do PT, partido do povo, tem que entender o que o povo quer. Se não sabe, volta pra base, e vai procurar saber.

Quando ele foi vaiado, o cantor Caetano Veloso defendeu-o:

Eu acho que a fala de Mano Brown é muito importante porque traz a complexidade do nosso momento. A mera festa pode parecer que temos uma mensagem simples a passar. O Brasil tem sido bombardeado há algumas décadas por uma imbecilização planejada em que filósofos têm dito palavrões para acostumar a mente brasileira à ideia de que o cafajeste é que nos representa. Temos que negar isso dentro de nós – não só nós que estamos aqui, que já lutamos contra isso, mas encontrar meios de dizer àqueles que se deixaram hipnotizar por essa onda. Eu estou aqui por isso, em parte como vocês, em parte como Mano Brown.

Confira o vídeo:

Deixe seu comentário

Veja também...