Marcelo Crivella consegue barrar processo de impeachment

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Em sessão extraordinária, por 29 votos a 16, os vereadores do Rio de Janeiro rejeitaram nesta quinta-feira (12) a abertura do processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella.

Os vereadores derrubaram pedidos da oposição para investigar o prefeito do Rio de Janeiro. Crivella ainda responderá ação civil pública sob acusação de ferir a laicidade do Estado na sua administração

O pedido havia sido feito com base na reunião de Crivella com pastores, no Palácio da Cidade, em que o prefeito prometeu resolver problemas com IPTU e agilidade para cirurgias de catarata aproveitando “que Deus nos deu a oportunidade de estar na prefeitura para esses processos andarem”.

A oposição também tenta recolher assinaturas para instaurar duas CPIs (Comissão Parlamentar de Inquérito) sobre suposta irregularidade nas filas para cirurgias em hospitais públicos e na concessão de isenção de IPTU a igrejas.

O Tribunal de Contas do Município (TCM) decidiu também questionar o prefeito sobre por que não tomou medidas para evitar o déficit de R$ 1,6 bilhão no ano passado.

 

Com informações de O Antagonista | Gazeta do Povo

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações