Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Centenas são presos em marcha contra isolamento social em Berlim

Marcha contra quarentena termina com centenas de presos em Berlim
COMPARTILHE

Dezenas de milhares de pessoas vindas de várias partes da Alemanha se reuniram, neste sábado (30), em alguns marcos históricos de Berlim, como o Portão de Brandemburgo, a Coluna da Vitória e o prédio do Reichstag, sede do Parlamento alemão.

Os manifestantes pediam o fim das medidas restritivas impostas pelo governo para tentar impedir a propagação do coronavírus, como o distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras no rosto.

Pelo menos 300 pessoas foram detidas ao longo do dia. De acordo com a polícia, a maioria dos participantes descumpriu a regra da distância mínima de 1,5 metro, destaca a emissora DW.

Cerca de 3 mil policiais foram deslocados por toda a cidade para manter a ordem nos protestos, que ocorrem pela segunda vez neste mês em Berlim contra as medidas de contenção ao coronavírus.

Muitos manifestantes exibiam cartazes pedindo a renúncia do governo da chanceler Angela Merkel e o fim das medidas restritivas, com dizeres como “Parem com a loucura do corona” e “Fim da ditadura corona”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE