Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Marco Aurélio rejeita anulação de buscas em gabinetes da Câmara

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Marco Aurélio Mello diz que Supremo pulou etapas no caso Lula
Imagem: Reprodução/Agência Brasil

Mesa da Câmara pediu que ação no gabinete de Paulinho da Força fosse anulada, por ter ocorrido sem aval do STF. 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, negou, nesta quarta-feira (29), o pedido da Câmara dos Deputados para anular buscas feitas no gabinete do deputado Paulo Pereira (SD-SP), mais conhecido como “Paulinho da Força”.

Em sua decisão, Mello diz que as buscas, que foram autorizadas pela justiça de primeira instância, não têm relação com o mandato atual do deputado, por isso não são alcançadas pelo foro privilegiado.

No pedido, a Câmara argumentava que esse tipo de ação nos gabinetes precisaria de uma autorização prévia do STF.

Já o ministro diz reproduzir o entendimento da ministra Rosa Weber, que validou outra busca recente na Câmara — no gabinete da deputada Rejane Dias (PT-PI), esposa do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), destaca o portal G1.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email