Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Maria do Rosário pode ter problemas por simular agressão na Câmara

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Maria do Rosário simulou “falso empurrão” em busca de criar tumulto durante sessão no plenário da Câmara.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) pode ter um processo disciplinar aberto na Câmara dos Deputados pelo “falso empurrão” que simulou após sessão com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, no dia 16 de maio.

Vídeo que circula nas redes sociais mostra a petista irritada após a sessão. No vídeo, ela esbarra propositalmente em um colega deputado e o acusa de tê-la empurrado, começando uma confusão entre os deputados. Confira abaixo:

O conselho de Ética da Câmara se reúne nesta quarta-feira (10) para instaurar processo contra a deputada por quebra de decoro parlamentar.

O Partido Social Liberal (PSL) acusa a deputada de ter agido de forma desrespeitosa com o deputado Julian Lemos (PSL-PB).

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram