- PUBLICIDADE -

Marina diz que coligação do PSDB tem ‘excesso de malignidade’

- PUBLICIDADE -

Em resposta ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), a candidata da Rede ao Planalto, Marina Silva, disse que o acordo do PSDB com o centrão tem ‘excesso de malignidade’.

Em entrevista ao jornal O Globo publicada nesta segunda-feira (20), FHC havia dito que, embora reconheça qualidades em Marina, acha que falta um ‘pouco de malignidade’ a ex-senadora.

Ao responder a uma pergunta sobre o fato de que Marina Silva costuma dizer que é possível governar só com os melhores, o tucano afirmou:

Gosto da Marina, me dou com ela, mas não acho que vá para o segundo turno. Ela tem pouco tempo de TV. Há uma certa fragilidade na candidatura, nela mesma. O povo sente isso. Ela tem uma causa, é aberta, mas falta um pouco de malignidade. Esse negócio de ser presidente da República não é fácil.

Por meio de suas redes sociais, Marina comentou a entrevista na manhã desta segunda-feira:

Com todo respeito e admiração que tenho por FH, o que trouxe o país à crise atual não foram as boas intenções, mas sim o excesso de malignidade — aliás, muito presente na coligação do candidato tucano.

Adaptado da fonte O Globo

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -