Português   English   Español
Português   English   Español

Marinheiros da Ucrânia ficarão dois meses presos na Crimeia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Marinheiros da Ucrânia ficarão dois meses presos na Crimeia

Dos 24 marinheiros da Ucrânia capturados no último domingo pela Rússia, três foram colocados em prisão provisória nesta terça-feira (27) por dois meses.

Os marinheiros ucranianos foram acusados de ultrapassarem ilegalmente a fronteira com a Rússia, de acordo com a decisão de um tribunal da Crimeia, península anexada pelo governo russo em 2014.

“Por enquanto, três pessoas foram colocadas em detenção provisória até 25 de janeiro”, declarou a delegada para os direitos humanos da Crimeia, Liudmila Lubina.

O restante dos marinheiros da Ucrânia devem comparecer ao tribunal nos próximos dias, segundo informações da AFP.

O incidente aconteceu no mar Negro, ao longo da costa da Crimeia, no domingo à noite, quando os marinheiros tentavam atravessar o estreito de Kertch para entrar no mar de Azov, conforme noticiou a Renova Mídia.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: