Português   English   Español

Marinheiros da Ucrânia são transferidos para prisão em Moscou

Os 24 marinheiros da Ucrânia aprisionados pela Guarda Costeira da Rússia no domingo passado, no mar Negro, foram transferidos para a capital Moscou.

A informação foi concedida nesta sexta-feira (30) pela defensora pública da Crimeia, Liudmila Lubina, informa a agência EFE.

Todos os marinheiros da Ucrânia foram transferidos a Moscou.

“Não resta nenhum no centro de detenção preventiva de Simferopol (capital da Crimeia)”, disse Lubina à agência oficial russa “Tass“.

Um tribunal da Rússia ditou prisão preventiva contra os 24 marinheiros, tripulantes dos três navios da Marinha ucraniana retidos pela Rússia após acusá-los de violar suas águas territoriais.

Também nesta sexta, o governo ucraniano do presidente Peter Poroshenko proibiu a entrada de homens adultos russos no território da sua nação, conforme noticiou a Renova Mídia.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter