Mate Grande: vulcão descoberto no Chile preocupa geólogos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"É esperada uma ruptura porque a Falha Liquiñe-Ofqui se move rapidamente”, diz geólogo.

O geólogo Gregory de Pascal advertiu que o vulcão Mate Grande, descoberto recentemente no Chile, representa um perigo geológico porque é ativo.

De Pascal é um acadêmico da Faculdade de Ciências Físicas e Matemáticas da Universidad de Chile.

O pesquisador chileno é o autor principal de um estudo publicado na revista Nature Scientific Reports com o nome de “Falha cortical do arco intravulcânico Liquiñe-Ofqui de deslizamento rápido na subducção do ponto triplo do Chile”.

No texto, ele detalha a existência de um vulcão, com 5 mil anos de idade, que está localizado em Aysén, cidade localizada no belíssimo território da Patagônia chilena.

De Pascal alertou que é relevante monitorar tanto o vulcão Monte Grande quanto da Liquiñe-Ofqui — um conjunto de falhas geológicas que percorrem cerca de 1,2 mil km na direção norte-sul da região BioBío até o Golfo de Penas.

Conjunto de falhas geológicas de Liquiñe-Ofqui percorrem cerca de 1,2 mil km no Chile. | Foto: NASA Space Station image ISS006-E-42993, 2003

Segundo a agência EFE, Gregory de Pascal afirmou:

“É esperada uma ruptura porque a Falha Liquiñe-Ofqui se move rapidamente, entre 11,6 e 24,6 milímetros por ano, o que poderia causar terremotos de alta magnitude.”

O geólogo enfatizou, no entanto, que ainda “não é possível saber quando eles ocorrerão.”

Integrante do temido “Anel de Fogo”, o Chile é o país com a segunda maior e mais ativa cadeia vulcânica do mundo, depois da Indonésia.

Chile é dono da segunda maior e mais ativa cadeia vulcânica do mundo, depois da Indonésia.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.