- PUBLICIDADE -

Matteo Salvini abre mão da imunidade parlamentar na Itália

Grupo de Salvini na UE nomeado 'Identidade e Democracia'

- PUBLICIDADE -

“Votem para me julgar e vamos esclarecer as coisas”, disse o ex-ministro italiano Salvini.

Matteo Salvini, ex-ministro do Interior da Itália, abdicou, nesta terça-feira (21), da sua imunidade parlamentar para ser processado pela Justiça por impedir o desembarque de 131 imigrantes ilegais em território italiano.

Salvini também pediu aos deputados do seu partido Liga que votassem a favor de enviar o processo contra ele a julgamento.

O processo pode conduzir Salvini a uma pena máxima de 15 anos de prisão, informa o jornal Público.

Apesar de o processo só ter luz verde para avançar em meados de fevereiro, o mero debate sobre a possibilidade de prisão contra Salvini eleva a popularidade do líder direitista.

“Votem para me julgar e vamos esclarecer as coisas”, disse Salvini, dirigindo-se aos políticos alinhados ao governo esquerdista. 

Salvini também pediu para as autoridades mirarem nos “traficantes de droga e criminosos em vez de atacarem pessoas por fazerem o seu trabalho”.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -