Português   English   Español

Matteo Salvini ameaça cortar contribuição da Itália à ONU

Após ter sido criticado pela ONU, o ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, afirmou que estudará uma redução da contribuição do país para a organização.

A Itália envia pouco mais de 100 milhões de euros por ano às Nações Unidas.

Matteo Salvini declarou:

Avaliaremos com os aliados sobre a utilidade de continuar dando esses 100 milhões de euros para financiar desperdícios e um organismo que quer dar lições aos italianos.

Segundo Salvini, as Nações Unidas deveriam enviar missões para “meio mundo”, não para a Itália. “Que procurem o racismo em outro lugar”, acrescentou.

Nesta segunda-feira (10), a alta comissária das Nações Unidas (ONU) para Direitos Humanos, Michelle Bachelet, ex-presidente do Chile, afirmou que enviará uma equipe para avaliar o “forte crescimento” de “atos de violência e de racismo” contra migrantes, negros e ciganos na Itália.

 

Adaptado da fonte Isto É

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter