Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Matteo Salvini defende prisão do primeiro-ministro da Itália

“Conte teria de ser preso por não ter criado as zonas vermelhas quando devia”, diz Salvini.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Matteo Salvini acusa Turquia de genocídio contra Curdos
COMPARTILHE

O senador Matteo Salvini, líder da oposição na Itália, subiu o tom contra as decisões do governo em meio à pandemia de coronavírus.

Salvini chegou a defender a prisão do primeiro-ministro Giuseppe Conte, que foi seu aliado entre junho de 2018 e agosto de 2019.

Em coletiva de imprensa em Forte dei Marmi, na Toscana, o líder direitista citou um documento que mostra que o CTS (comitê técnico-científico) do governo recomendou a instauração de um lockdown em duas cidades da província de Bergamo já no início de março:

“Se as atas do CTS forem confirmadas, Conte teria de ser preso por não ter criado as zonas vermelhas quando devia e por ter fechado a Itália quando não devia. Isso é um crime.”

As informações foram divulgadas, nesta quinta-feira (13), pela agência de notícias italiana ANSA.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.