- PUBLICIDADE -

Matteo Salvini defende prisão do primeiro-ministro da Itália

Matteo Salvini acusa Turquia de genocídio contra Curdos

“Conte teria de ser preso por não ter criado as zonas vermelhas quando devia”, diz Salvini.

- PUBLICIDADE -

O senador Matteo Salvini, líder da oposição na Itália, subiu o tom contra as decisões do governo em meio à pandemia de coronavírus.

Salvini chegou a defender a prisão do primeiro-ministro Giuseppe Conte, que foi seu aliado entre junho de 2018 e agosto de 2019.

Em coletiva de imprensa em Forte dei Marmi, na Toscana, o líder direitista citou um documento que mostra que o CTS (comitê técnico-científico) do governo recomendou a instauração de um lockdown em duas cidades da província de Bergamo já no início de março:

“Se as atas do CTS forem confirmadas, Conte teria de ser preso por não ter criado as zonas vermelhas quando devia e por ter fechado a Itália quando não devia. Isso é um crime.”

As informações foram divulgadas, nesta quinta-feira (13), pela agência de notícias italiana ANSA.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -