Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MBL denuncia atentado contra o vereador Fernando Holiday

MBL denuncia atentado contra o vereador Fernando Holiday
COMPARTILHE

Holiday estava com sua equipe em seu gabinete, no quinto andar da Câmara Municipal, quando ouviu um barulho de vidro quebrando.

Através do seu perfil oficial no Twitter, o vereador Fernando Holiday (DEM-SP) disse que estava na janela do 5º andar quando foi hostilizado por baderneiros e ouvimos um barulho alto de vidro estilhaçando.

“Eu e minha equipe vimos esse buraco e chamamos a segurança da CMSP, a PM fará a pericia para confirmar o projetil”, explicou Holiday em seu tuíte.

O Movimento Brasil Livre (MBL), via Twitter, afirmou que Holiday sofreu “uma tentativa de assassinato”, e que um tiro acertou a janela em que o vereador estava.

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quarta-feira (26), em segunda votação, a Reforma da Previdência dos servidores municipais. Foram 33 votos favoráveis e 17 contra. O texto segue agora para a sanção do prefeito Bruno Covas (PSDB), informa o “G1“.

Após a aprovação, os servidores fizeram uma assembleia decidiram que vão entrar em greve a partir do dia 4 de janeiro.

A votação foi marcada por protestos contrários à proposta. Do lado de fora da Câmara, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) usou bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e balas de borracha para dispersar os sindicalistas.

Houve confronto, grades no entorno do edifício foram quebradas e pessoas ficaram feridas, conforme noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários