MBL vive crise interna sem precedentes

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Fernando Holiday, um dos principais membros do MBL, pode deixar o grupo.

Movimento Brasil Livre (MBL) vive a maior crise interna em seus mais de seis anos de existência. 

O vereador paulistano Fernando Holiday (Patriota), uma de suas figuras mais conhecidas, abriu uma dissidência interna em razão da disputa pela presidência da Câmara dos Deputados

Holiday apoia abertamente a candidatura do deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS) e discorda das críticas feitas por outros líderes do MBL a ele. 

Nesta terça-feira (19), Van Hattem acusou o MBL de agir como o PT após ser pressionado pelo coordenador nacional do movimento, Renan Santos, a defender o impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro

Van Hattem, que já pertenceu ao MBL no passado, reagiu acusando o MBL de “assassinato de reputação”, como noticiou a RenovaMídia

Já o perfil oficial do MBL enviou um alerta ao deputado:  

“Tenha sabedoria para escolher seu caminho nesta encruzilhada. Bolsonaro nos quer, todos, reféns de seu projeto autoritário. Você também será usado e cuspido. Te aguardamos no lado certo da história”. 

A troca de farpas desagradou a Holiday, que fez questão de reforçar seu apoio a Van Hattem. 

O vereador não descarta um rompimento, segundo apurou o jornal Folha, embora por enquanto diga internamente que essa não é sua prioridade. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.