Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MDB contra ‘facada’ de Paulo Guedes no Sistema S

MDB contra 'facada' de Paulo Guedes no Sistema S
COMPARTILHE

O partido MDB se posicionou contra a possibilidade de corte pela metade dos recursos que são repassados ao Sistema S.

O Sistema S inclui nove entidades, entre elas Sesi, Sesc e Senac, comandadas pelas confederações empresariais do País.

Em discurso nesta segunda-feira (17) para uma plateia de empresários na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que pretende horizontalizar os impostos, acabando com isenções e subsídios, cortando inclusive verbas do Sistema S, que deve sofrer redução em torno de 30%, podendo chegar a 50% dos repasses.

“Nós queremos recompor o federalismo, descentralizar recursos para os estados e municípios. Levem os recursos, levem as atribuições”, disse Guedes, conforme noticiou a Renova.

“É um desserviço e prejuízo ao futuro do nosso país desmantelar o que vem dando certo”, escreveu o perfil oficial do partido MDB no Twitter na manhã desta terça-feira (18).

O senador Romero Jucá, político do MDB derrotado nas urnas, também disse estar preocupado com a promessa de Paulo Guedes em “meter a faca” no Sistema S.

“Temos que defender esse Sistema S não somente pela importância que tem na indústria e geração de empregos, como na capacitação empresarial”, declarou Jucá no Twitter.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários