Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MEC desiste de pedir vídeos de alunos cantando o Hino Nacional

MEC desiste de pedir vídeos de alunos cantando o Hino Nacional
COMPARTILHE

Ministério da Educação enviará novo comunicado às escolas para retirar o pedido de envio de vídeos dos alunos cantando o Hino Nacional perfilados em frente à bandeira do Brasil.

O ministro Ricardo Vélez Rodríguez prestou esclarecimentos ao Ministério Público Federal (MPF), nesta quarta-feira (27). O órgão havia exigido explicações do MEC em 24 horas.

Segundo a pasta, um novo ofício será remetido às escolas, retirando o pedido de envio das imagens por “razões técnicas de dificuldade de guarda desse material [imagens e sons]” e “de segurança”.

A medida foi descrita pelo consultor jurídico do MEC, Cassio Cavalcante Andrade, no documento, assinado por Vélez.

Apesar do recuo, o MEC defendeu, no entanto, a execução do Hino Nacional em frente à bandeira, alegando que incentivar o ato não infringe direitos.

Em nota, segundo O Globo, o ministério protestou contra as críticas falando em censura:

“A sugestão de leitura diante do Pavilhão e no momento reservado ao Hino Nacional não pode, também, ser objeto de censura. Não é crível que qualquer autoridade possa ser censurada por sugerir que o canto do Hino seja praticado, ainda mais num ambiente público ou particular publicizado, como são as escolas.”

O MEC acrescentou:

“Se, nos estádios e arenas esportivas, quando as seleções nacionais atuam — e mesmo quando se trata de certames nacionais —, os torcedores se submetem à execução do Hino Nacional, pergunta-se: que mal há em cantar o Hino nas escolas? A prática, aliás, já é comum em muitos estabelecimentos de ensino. Num passado não muito distante, era ainda mais comum. Reiteramos: não foi uma determinação, mas uma sugestão. Homenagear os símbolos nacionais é algo que sobreleva e transcende qualquer opção política, ideológica ou filosófica.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários