Português   English   Español

Médico que quer ficar no Brasil complica vida da mãe em Cuba

A vice-ministra da Saúde da ditadura cubana perdeu o emprego porque filho quis ficar no Brasil.

As informações foram publicadas pelo jornalista Duda Teixeira em matéria na revista Crusoé.

A vice-ministra de saúde cubana, Márcia Cobas Ruiz, foi destituída de seu cargo nos últimos dias.

O motivo: seu filho médico, Julio Antonio Mella Cobas, quer permanecer atendendo no Brasil, em um posto de saúde em São Paulo.

Julio fez o Revalida no ano passado. Contudo, pelo acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), o médico deve atender a convocação de Cuba e retornar ao país.

O caso gerou um mal-estar durante meses e, após decisão da ditadura cubana de deixar o programa Mais Médicos, a vice-ministra Márcia foi destituída do cargo.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter