Médicos cubanos revoltados com decisão da ditadura comunista

Português   English   Español
Médicos cubanos revoltados com decisão da ditadura comunista
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Os profissionais de saúde de Cuba estão atacando a ditadura castrista em mensagens no WhatsApp.

Segundo informações da revista Crusoé, o site “Cubanet” teve acesso a troca de comentários e declarações de médicos cubanos em grupos de conversas no aplicativo.

Entre outras coisas, os médicos de Cuba reclamam das condições em que terão de deixar o Brasil.

O tom é de revolta contra a ditadura de Cuba, a começar pela determinação de que apenas poucos quilos de bagagem poderão ser levados.

Além de uma bagagem leve, os profissionais de saúde criticam o atraso nos pagamentos para que eles possam saldar dívidas ou despachar cargas não-acompanhadas para seu país.

A ordem da ditadura comunista cubana é para que os milhares de médicos cubanos vivendo no Brasil voltem para a ilha até o dia 31 de dezembro de 2018, conforme noticiou a Renova Mídia.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...

SIGA A RENOVA