Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Médicos da China trabalham mal equipados contra o coronavírus

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Médicos da China trabalham mal equipados contra o coronavírus

A morte do médico Li Wenliang, na última semana, ilustra as difíceis condições dos trabalhadores da área da saúde.

Por falta de proteção adequada, os médicos de Wuhan, a cidade da China no epicentro da epidemia, trabalham expostos à infecção pela nova variante de coronavírus.

É especialmente a escassez de equipamentos médicos que preocupa os profissionais de saúde.

“Para economizar as roupas de proteção, os colegas as trocam apenas uma vez a cada quatro, seis e até oito horas”, explicou uma médica à agência France-Presse.

A médica em questão trabalha em um grande hospital responsável pelo tratamento dos pacientes gravemente enfermos na cidade em quarentena de fato desde 23 de janeiro.

“Durante todo esse período, os colegas não podem comer, beber ou ir ao banheiro”, acrescentou ela, preferindo permanecer anônima por medo de possíveis represálias.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email