Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Médicos são tratados como mercadoria por Cuba’, diz deputado

'Médicos são tratados como mercadoria por Cuba', diz deputado
COMPARTILHE

A repercussão da decisão unilateral da ditadura cubana de abandonar o programa Mais Médicos segue influenciando o cenário político brasileira.

A polêmica em torno da decisão da ditadura cubana de retirar seus profissionais do programa Mais Médicos continua.

Cuba acusa o presidente eleito Jair Bolsonaro de rever as regras da parceria, obrigando o regime a abandonar o programa Mais Médicos.

A decisão cubana se transformou numa gigantesca queda de braço entre bolsonaristas e petistas, segundo informações do BR18.

Em declaração nesta terça-feira (20), o deputado federal Carlos Manato (PSL-ES) provocou:

A exploração dos médicos cubanos no programa Mais Médicos era mais vantajosa para Cuba que exportações como açúcar e rum. Os médicos lá são tratados como mercadoria. Isso é justo?

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE