Português   English   Español

Médicos terão que voltar para Cuba até 31 de dezembro

Os profissionais da saúde cubanos trabalhando no país no programa Mais Médicos terão de deixar o Brasil até o dia 31 de dezembro.

O Ministério da Saúde de Cuba comunicou à Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) que os milhares de médicos cubanos do Mais Médicos deverão deixar o Brasil até 31 de dezembro.

Cuba comunicou na sexta-feira da semana passada à Opas a decisão de abandonar o Mais Médicos, após declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro.

As mensagens foram consideradas “ameaçadoras” pela ditadura comunista cubana.

Segundo informações do jornal O Globo, de sexta até esta quarta-feira (14), o corpo técnico da Opas, em Washington, capital dos Estados Unidos, vinha tentando demover os cubanos da decisão.

De acordo com O Antagonista,  a ditadura de Cuba “temia que Bolsonaro anunciasse que os cubanos que desejassem permanecer no Brasil poderiam fazê-lo — o que colocaria em risco a vinculação de outros médicos cubanos espalhados pelo mundo”.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter