Meio Ambiente repassa R$ 230 milhões para combate aos lixões

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Os recursos fazem parte de termo aditivo assinado entre a pasta e o BNDES.

O Ministério do Meio Ambiente vai repassar R$ 232 milhões para ações de mitigação e adaptação às mudanças climáticas. 

A verba, que é do Fundo Nacional de Mudanças do Clima (FNMC), será empregada prioritariamente em obras e ações de saneamento básico do programa “Lixão Zero” e de outros eixos da “Agenda Ambiental Urbana”, lançada pelo Ministério do Meio Ambiente em 2019.

Os recursos fazem parte de termo aditivo assinado, na última quarta-feira (9), entre a pasta e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Os milhões serão destinados para apoiar implantação de empreendimentos, aquisição de máquinas e equipamentos, desenvolvimento tecnológico relacionados à redução de emissões de gases do efeito estufa e adaptação às mudanças do clima e seus efeitos.

Ao todo, em 2020, R$ 582 milhões já foram repassados pelo BNDES para financiamento reembolsável de projetos públicos e privados voltados à mitigação da mudança do clima e à adaptação aos seus efeitos adversos, destaca a Agência Brasil.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.