- PUBLICIDADE -

Mel produzido nos EUA tem traços de radiação, diz estudo

Mel produzido nos EUA tem traços de radiação, diz estudo
- PUBLICIDADE -

“Eu medi novamente porque pensei que meu detector estava maluco”, diz pesquisador.

Resquícios dos testes de bombas nucleares durante a Guerra Fria foram encontrados no mel produzido ao longo da costa leste dos Estados Unidos.

A equipe da Universidade William & Mary encontrou Césio-137, um subproduto da fissão nuclear, em mais da metade das 122 amostras de mel retiradas da Flórida.

Embora os níveis não sejam suficientes para prejudicar os humanos, os resultados mostram os efeitos duradouros da precipitação nuclear no meio ambiente.

A pesquisa teve início em 2017 quando um grupo de estudantes recebeu uma tarefa escolar para trazer comida de onde eles passaram as férias.

Os alimentos foram, então, testados para partículas radioativas, relata o site Science Alert.

Os alunos trouxeram diferentes frutas, nozes e outros itens, muitos dos quais tinham leves traços de césio-137 quando medidos com um detector de radiação.

No entanto, a análise de um pote de mel do mercado de um fazendeiro da Carolina do Norte foi surpreendente.

O pesquisador Jim Kaste comentou:

“Eu medi novamente porque pensei que algo aconteceu com o contêiner ou meu detector estava maluco.”

E acrescentou:

“Eu reproduzi a medição. E era, novamente, 100 vezes mais quente do que qualquer um desses outros alimentos.”

A pesquisa continuou sendo conduzida no mês passado, coletando 122 amostras de mel de várias partes dos EUA.

As amostras de mel foram inspecionadas com um detector de radiação — 68 delas estavam com traços de césio-137.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -