Português   English   Español

Alto membro do Departamento de Justiça manteve contato com autor do dossiê falso contra Trump

Bruce G. Ohr foi rebaixado de cargo nesta semana após investigações encontrarem ligações dele com os responsáveis pelo dossiê falso financiado pelo partido democrata conectando Donald Trump à Rússia.

Apesar da grande mídia não tocar no assunto, duas investigações estão em andamento nos EUA: uma sobre a relação entre Hillary Clinton e a venda de urânio para Rússia; outra sobre o dossiê falso e a influência dele na investigação aberta pelo FBI sobre a ligação da campanha de Trump com o governo russo.

De acordo com evidências coletadas pelo deputado Devin Nunes, o funcionário do Departamento de Justiça, Bruce Ohr, teve um encontro com Christopher Steele, ex-espião britânico responsável por criar o dossiê falso, durante a campanha presidencial de 2016.

Logo após a eleição, Bruce também se encontrou com Glenn Simpson, fundador da Fusion GPS – firma política que pagou Steele com fundos do partido democrata para coletar as informações falsas sobre Trump e fazer a complação do material.

Dias atrás, nós ficamos sabendo sobre a demissão de um agente de grande porte do FBI após várias mensagens anti-Trump serem vazadas. Quantos outros virão à tona?

A grande mídia gosta muito de falar sobre o legado de Obama, mas não explica que o principal resquício da sua administração são funcionários em altos cargos do governo dispostos a prejudicar o futuro da nação para atacar o atual presidente de todas as formas.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter