- PUBLICIDADE -

Alto membro do Departamento de Justiça manteve contato com autor do dossiê falso contra Trump

- PUBLICIDADE -

Bruce G. Ohr foi rebaixado de cargo nesta semana após investigações encontrarem ligações dele com os responsáveis pelo dossiê falso financiado pelo partido democrata conectando Donald Trump à Rússia.

Apesar da grande mídia não tocar no assunto, duas investigações estão em andamento nos EUA: uma sobre a relação entre Hillary Clinton e a venda de urânio para Rússia; outra sobre o dossiê falso e a influência dele na investigação aberta pelo FBI sobre a ligação da campanha de Trump com o governo russo.

De acordo com evidências coletadas pelo deputado Devin Nunes, o funcionário do Departamento de Justiça, Bruce Ohr, teve um encontro com Christopher Steele, ex-espião britânico responsável por criar o dossiê falso, durante a campanha presidencial de 2016.

Logo após a eleição, Bruce também se encontrou com Glenn Simpson, fundador da Fusion GPS – firma política que pagou Steele com fundos do partido democrata para coletar as informações falsas sobre Trump e fazer a complação do material.

Dias atrás, nós ficamos sabendo sobre a demissão de um agente de grande porte do FBI após várias mensagens anti-Trump serem vazadas. Quantos outros virão à tona?

A grande mídia gosta muito de falar sobre o legado de Obama, mas não explica que o principal resquício da sua administração são funcionários em altos cargos do governo dispostos a prejudicar o futuro da nação para atacar o atual presidente de todas as formas.

 

Com informações de: (1)

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -