Membros do Novo declaram apoio a Bolsonaro

Idiomas:

Português   English   Español
Membros do NOVO declaram apoio a Bolsonaro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Apesar da decisão do Novo de não declarar apoio a nenhum candidato no segundo turno da eleição presidencial, membros do partido estão se posicionando a favor de Bolsonaro.


Rogerio Chequer, ex-líder do Vem Pra Rua que disputou o cargo de governador de São Paulo pelo partido, anunciou no Twitter o seguinte posicionamento:

Na manhã desta terça-feira (9), seguindo o posicionamento aparente de João Amoêdo, o partido Novo decidiu ficar neutro na disputa do segundo turno da eleição presidencial.

Mateus Bandeira, candidato derrotado ao governo do Rio Grande do Sul, também declarou apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno.

Segundo informações de O Antagonista, o membro do Novo declarou:

No plano nacional, Jair Bolsonaro será o voto de todos os brasileiros que querem evitar o evidente retrocesso caso o PT retorne ao poder. Um verdadeiro deboche à Justiça e às instituições. Assim como eu, Bolsonaro e Mourão propõem prioridade absoluta para a segurança pública e a restauração da ordem no país. Defendem o direito de legítima defesa, com a revogação do Estatuto do Desarmamento, e a necessária segurança jurídica para o agronegócio. Assim como eu, Jair Bolsonaro defende os valores da família.

Jeronimo Yvo, presidente do diretório do Novo no Ceará, também foi às redes sociais na tarde desta terça-feira (9) para declarar voto em Bolsonaro no segundo turno.

Aparentemente, a opinião do fundador do partido Novo, João Amoêdo, não é compartilhada por muitos dos filiados à legenda. Para o candidato derrotado, não existe muita diferença entre PT e Jair Bolsonaro (PSL).

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...