Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Mendonça quer inquérito contra jornalistas que incitaram suicídio de Bolsonaro

COMPARTILHE

“Requisitarei a abertura de Inquérito Policial para apurar ambas as condutas”, diz Mendonça.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, pediu à Polícia Federal (PF) para investigar a conduta de jornalistas que instigaram o suicídio do presidente do BrasilJair Bolsonaro

Mais cedo, o colunista Ruy Castro, do jornal Folha de S.Paulo, sugeriu que Bolsonaro deve praticar suicídio em texto publicado neste domingo (10). 

O jornalista Ricardo Noblat, da Veja, reproduziu trecho do texto, sem as aspas, e foi duramente criticado nas redes sociais, inclusive pela própria revista. 

O crime de incentivo ao suicídio tem pena de 6 meses a 2 anos de prisão, que pode ser dobrada se a ação for praticada na internet. 

Em mensagem no Twitter, Mendonça disse que alguns jornalistas chegaram ao “fundo do poço”: 

“Hoje 2 deles instigaram 2 presidentes da República a suicidar-se. Apenas pessoas insensíveis com a dor das famílias de pessoas que tiraram a própria vida podem fazer isso. Apenas pessoas irresponsáveis cometem esse crime contra chefes de Estado de duas grandes nações. Fazê-lo é um desrespeito à pessoa humana, à nação e ao povo de ambos os países.” 

O ministro completou: 

“Por isso, requisitarei a abertura de Inquérito Policial para apurar ambas as condutas. As penas de até 2 anos de prisão poderão ser duplicadas (§ 3º e 4º do art. 122 do Código Penal), sem prejuízo da incidência de outros crimes.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
4 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Carlos Crispim
Carlos Crispim
5 dias atrás

Esses blogueiros sujos e imundos tem que responder na justiça, chamam os outros de nazistas, facistas e outros pejorativos, mas eles mesmos são imundos, ditatoriais, autoritários, quem não pensa como eles é taxado de terraplanista e negacionista, deixaram de ser jornalistas, são LIXOS humanos, escória da mídia podre, representam o sistema podre e corrupto, querem a volta da corrupção, do dinheiro fácil das propagandas inúteis que os governos passados faziam, eram BILHÕES que esses tiranos ganhavam na moleza dos governos esquerdistas , as propinas milionárias, bolsas de dinheiro, malas, cuecas, são pulhas safados, hão de pagar pelas imundices e mentiras que pregam todos os dias.

Elias Mitre de Souza Lima
Elias Mitre de Souza Lima
7 dias atrás

Isso o não é jornalismo, é militância! Senta a pua Mendonça!

SeiCOMCERTEZA
SeiCOMCERTEZA
7 dias atrás

Me decepcionei com o Ruy Castro. Ele já vinha se radicalizando nos últimos tempos. Se rebaixou como não poderia. Homem de cultura, precisa repensar a postura, se possível ter a grandeza de desculpar-se.

Maria
Maria
7 dias atrás

Infelizmente justiça só serve para perseguir a direita. Ontem assisti um vídeo revoltante sobre a situação do ex jogador de volei Giba. Aposto que a juíza o está perseguindo com certeza por motivações políticas (ele até esteve no gabinete de Bolsonaro). Certamente ele é de direita e apoia Bolsonaro. Por isso aquele pedido de prisão absurdo. Os juízes hoje em dia condenam ou absolvem soimnete movidos por politicagem. Esse aí, por ser de esquerdas, algum juiz amigo o irá livrá-lo. A menos que o cara seja um mala e a esquerda o queira sacrificá-lo, o que acho improvável.

PUBLICIDADE