Menina alvo de fake news do Estadão sofre com as críticas

Idiomas:

Português   English   Español
Menina alvo de fake news do Estadão sofre com as críticas
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“Ele perguntou quem era palmeirense e eu balancei a cabeça dizendo que não”, disse a garota ao desmentir notícia falsa publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo.


A pequena Yasmin Alves, de apenas 8 anos, tornou-se conhecida nacionalmente na última sexta-feira (19) após ser alvo de uma fake news publicada pelo jornal Estadão com o objetivo de atacar o presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Uma menina se recusou a cumprimentar o presidente Jair Bolsonaro durante celebração de Páscoa na última quarta-feira, 17, no Palácio do Planalto”, dizia o primeiro parágrafo da matéria que o jornal deletou alguns dias depois.

A informação do Estadão é completamente falsa. Tanto Yasmim quanto seus pais confirmam o erro e os transtornos gerados pela matéria disseminada.

“Ele perguntou quem era palmeirense e eu balancei a cabeça dizendo que não era”, explica Yasmin, reforçando sua paixão pelo Flamengo.

“Tenho medo de ir à escola. […] Fico muito triste porque as pessoas estão falando mal de mim, que sou mal-educada”, acrescentou a estudante do 3º ano do ensino fundamental, segundo o jornal Metrópoles.

Eleitor de Bolsonaro, o pedreiro Valdir Alves, 48 anos, pai de Yasmin, diz que a fake news do Estadão trouxe dor de cabeça e chateação para toda a família:

“Transferi meu título para cá e votei no Bolsonaro. Não imaginaria que pudesse chegar a esse ponto. Saio nas ruas e vejo as pessoas comentando sobre a minha filha. É uma criança de oito anos convivendo com essa expectativa de não querer nem estudar porque todo mundo fala dela.”

A mãe, Cléia Ramone, 26 anos, preocupa-se com a possibilidade de sequelas psicológicas na filha e também com a integridade física da menina:

“Ela está chorando, triste e transtornada, porque tem uns que são muito a favor [do presidente Bolsonaro], e tem gente que não gosta dele. Fico pensando no que podem fazer.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...