Menino desenvolve doença rara que deixa língua amarela

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Menino passou por 2 dias de internação e 7 semanas de tratamento.

Um menino canadense, de 12 anos, chegou ao Hospital for Sick Children, em Toronto, no Canadá, após quatro dias com dor de garganta e três dias tendo a urina escurecida.

Curiosamente, além dos sintomas acima, o menino também estava com a língua amarela e um aspecto pálido na pele. 

Após uma série de exames, os médicos identificaram a condição: uma desordem autoimune raríssima.

O menino desenvolveu uma forma de icterícia, que causa um aspecto amarelado da pele e dos olhos, sobretudo devido à morte de hemácias. 

Todavia, a icterícia deste menino foi diferente, acontecendo por conta do vírus Epstein–Barr, da família da herpes.

Após 2 dias de internação e 7 semanas de tratamento com esteróides imunossupressores, o garoto se recuperou dos sintomas, da infecção viral e da língua amarela, como é possível conferir no relatório médico do caso.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.