Mercado de ações da China tem um 2018 sombrio

Idiomas:

Português   English   Español
Mercado de ações da China tem um 2018 sombrio
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Para os investidores e especuladores do mercado de ações da China, 2018 foi um ano sombrio, definido por marcos inesperados.

O índice de referência Shanghai Composite Index está 25% abaixo de onde começou este ano, tornando-se o pior mercado principal de ações do mundo.

O início de uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a China aniquilou US$ 2,4 trilhões este ano, enquanto a falta de alavancagem reduziu a dívida de margem para apenas um terço de seu pico em 2015.

Enquanto os investidores estrangeiros continuaram despejando dinheiro em ações onshore por meio da conexão das ações e os fundos estaduais tenham comprado fundos negociados em bolsa para resgatar ações, eles fizeram pouco para deter o declínio.

Não havia lugar para se esconder, mesmo com os paraísos seguros perdendo terreno, já que a fraca economia chinesa prejudicou os gastos e pesou sobre as ações dos consumidores, enquanto um escândalo de vacina e uma controvérsia sobre edição genética provocaram uma onda de vendas no setor de saúde, informa a “Bloomberg“.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque