Português   English   Español

Mercado financeiro minimiza efeito do ataque contra Lava Jato

Mercado financeiro minimiza efeito do ataque contra Lava Jato
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Investidores minimizam efeito do caso Moro na tramitação da reforma da Previdência, mas seguem em alerta com o que ainda pode vir.


Os investidores do mercado financeiro reagiram, nesta segunda-feira (10), com relativa tranquilidade perante os vazamentos de trechos de mensagens atribuídas a procuradores da operação Lava Jato e ao ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Juliano Griebeler, diretor de relações governamentais da Barral M. Jorge, afirmou:

“As denúncias apresentadas até o momento não impactam diretamente o andamento da reforma da Previdência. É um tema que já está até certo ponto consolidado no Congresso e deve seguir independente das conversas reveladas no domingo. Esta situação mudaria apenas se conteúdos mais danosos forem divulgados.”

Na mesma linha, segundo o site InfoMoney, a equipe de análise da XP Política aponta que a reforma da Previdência deve continuar tramitando normalmente:

“Assim mesmo, nunca fomos partidários do bom humor superficial que se instalou, e ainda nos parece razoável afirmar que o texto apresentado será bom, mas que será votado na Comissão em julho, e no plenário a partir de agosto.”

Segundo destacou Lucas Monteiro, operador de multimercados da Quantitas Gestão de Recursos, o mercado ainda fica em suspenso, pois novos vazamentos podem ocorrer e prejudicar o ministro, que é o mais bem avaliado do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...