Português   English   Español

Mercado ignorou denúncia da Folha contra Bolsonaro

Mercado ignorou denúncia da Folha contra Bolsonaro

De olhos colados no noticiário político, o mercado financeiro não poderia deixar de lado a denúncia da Folha contra a campanha de Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, empresários custearam campanhas milionárias no WhatsApp para promover a candidatura de Jair Bolsonaro e atacar o Partido dos Trabalhadores (PT).

Apesar de todo rebuliço que o partido de Fernando Haddad está fazendo, analistas do mercado financeiro afirmam que a denúncia pouco influenciou as decisões dos investidores.

Nesta quinta-feira (18) bolsa e real se desvalorizaram. Porém, a explicação está no exterior. O mercado financeiro está mais pessimista com o indicativo do Fed, o banco central dos Estados Unidos, de que continuará a elevar a taxa básica de juros americana.

André Perfeito, economista-chefe da corretora Spinelli, afirma que o mercado está confiante com a consolidação de Bolsonaro como favorito para ao segundo turno e minimiza efeito da reportagem da Folha.

Ele afirmou:

O mercado não acredita que as eleições possam ser impugnadas devido a essa notícia. Apesar de não sabermos como o TSE [Tribunal Superior Eleitoral] vá se comportar em relação a isso, é necessário alguma coisa mais forte para desatrelar a bolsa do mercado internacional.

 

Adaptado da fonte Veja

Deixe seu comentário

Veja também...