Mercado imobiliário da China está na mira de Xi Jinping

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Evergrande: mercado imobiliário da China está na mira de Xi Jinping.

Assim como no setor de tecnologia, os gigantes do mercado imobiliário da China também estão na mira de Xi Jinping, líder do Partido Comunista Chinês (PCCh).

Nos últimos dias, o grupo de construção civil Evergrande está chacoalhando os mercados globais. 

Existe a real possibilidade de o grupo chinês dar calote em uma dívida astronômica de US$ 300 bilhões

Atualmente, a Evergrande tem 1.300 prédios em mais de 280 cidades da China a construir.

No entanto, apesar da gigantesca capilaridade do conglomerado imobiliário em território chinês, Xi Jinping permanece em silêncio em meio ao pânico dos investidores mundo afora.

Embora a maioria das pessoas não espere que a Evergrande entre em colapso de repente, o silêncio e a falta de ações importantes por parte dos formuladores de políticas [em Pequim] está deixando todos em pânico”, disse Ding Shuang, segundo a revista Exame.

Shuang é economista-chefe da Grande China e do Norte da Ásia da Standard Chartered Plc, em Hong Kong.

Para quem acompanha o mercado chinês e as movimentações recentes do governo em Pequim, o setor já estava entre as frentes de alerta, depois de o Estado chinês interferir nos últimos meses com regulações.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.