Merkel planeja oferecer benefícios aos cidadãos vacinados

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Pessoas vacinadas ainda terão que cumprir o distanciamento social e uso de máscaras.

O governo da Alemanha anunciou planos para permitir que pessoas vacinadas contra a Covid-19 tenham certos privilégios sobre os que não foram imunizados.

A medida é um passo significativo para a introdução dos chamados “passaportes de vacina” no país europeu.

O ministro alemão da Saúde, Jens Spahn, afirmou, neste domingo (4), que as pessoas vacinadas poderiam viajar sem quarentena, ir a cabeleireiros e fazer compras com restrições mínimas.

Spahn não deu uma data exata para as medidas entrarem em vigor.

“O risco de transmissão do vírus por pessoas que foram totalmente vacinadas a partir do 15º dia após a segunda dose de vacinação é menor do que uma pessoa assintomática cujo teste deu negativo”, disse Spahn.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.