‘Merkel subestimou riscos da migração’, diz vice-premiê da Itália

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O ministro do Interior da Itália diz que governo da Alemanha subestimou o perigo de conflitos sociais ao abrir fronteiras para centenas de milhares de imigrantes ilegais.

O ministro do Interior e vice-primeiro-ministro italiano, Matteo Salvini, afirmou em entrevista à DW que a chanceler federal alemã, Angela Merkel, subestimou o risco de conflitos sociais ao afirmar que haveria espaço para centenas de milhares de migrantes na Alemanha.

“A ascensão da AfD é uma clara reação a isso. Essa é a resposta que muitos alemães insatisfeitos tentam dar”, observou Salvini, que foi entrevistado às margens de um evento partidário na cidade italiana de Bergamo.

O líder da Liga, que forma a coalizão de governo italiana com o partido antissistema Movimento 5 Estrelas, também defendeu sua aproximação com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Órban, que é contra uma redistribuição dos refugiados que chegam à Itália entre outros países europeus.

“Eu tento retirar o melhor de todos os lados”, afirmou.

Adaptado da fonte DW

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque