PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Mesa pede protestos para impedir fraude eleitoral de Morales

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Presidente do país entre 2004 e 2005, Mesa disse que a Bolívia está diante de um “momento crucial”. 

Carlos Mesa, principal candidato da oposição nas eleições gerais da Bolívia, pediu, nesta quinta-feira (24), que a população mantenha os protestos para não permitir que o mandatário do país, Evo Morales, vença o pleito de forma fraudulenta.

Com 99,99% das urnas apuradas, segundo o Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), Morales obteve 47,07% da preferência do eleitorado contra 36,51% de Mesa.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Mesa denunciou o Movimento ao Socialismo (MAS), liderado por Morales, de ter “consumado a fraude”:

“O número é irrelevante. A decisão é clara: o MAS não quer o segundo turno. E para isso maquinou uma alteração vergonhosa e grosseira do resultado. Não se desanimem. Se mantenham em ação.”

E, segundo a agência EFE, acrescentou:

“Todos já esperavam, sabíamos da teimosia do presidente.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.