Mesquitas móveis divulgarão o Islamismo nas Olimpíadas de Tóquio

“Esperamos fornecer um lugar onde os atletas e turistas possam rezar”, explica o chefe do projeto.

Tóquio, capital do Japão, será a sede do maior evento esportivo do mundo em 2020.

Uma organização islâmica está produzindo “mesquitas móveis” que serão estacionadas em lugares estratégicos da cidade.

Mais de 50 países de maioria islâmica participarão do evento, além de centenas de atletas muçulmanos de outras nações.

Adaptadas em caminhões Toyota climatizados, cada uma custa US$ 900 mil e pode receber 50 pessoas de cada vez.

O objetivo seria oferecer um local para as cinco orações diárias dos muçulmanos e como centro de divulgação do Islã.

A sala de oração, além de ser forrada com os tapetes tradicionais, terá cópias do Alcorão disponíveis e uma bússola que aponta para a Meca.

“Esperamos fornecer um lugar onde os atletas e turistas possam rezar”, explica o chefe do projeto, Yasuharu Inoue. Sua empresa foi consultou autoridades islâmicas e teve o projeto aprovado. Ele não revelou quem está pagando pelos caminhões.

A população islâmica no Japão é muito pequena. Calcula-se que sejam em torno de 185.000 dentre os 127 milhões de habitantes do país.

 

Com informações do Gospel Prime
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia