Meteorito de Marte guarda registro de material orgânico

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“No início da história do sistema solar, Marte provavelmente foi inundado com quantidades significativas de matéria orgânica”, diz pesquisador japonês.

Um grupo de pesquisadores do Japão conseguiu encontrar materiais orgânicos em um meteorito vindo de Marte

Os cientistas japoneses acreditam que os minerais carbonáticos tenham sido preservados por 4 bilhões de anos, desde o período Noachiano, quando o Planeta Vermelho tinha uma presença abundante de água em sua superfície.

O meteorito em questão, batizado de Allan Hills (ALH) 84001, foi descoberto em 1984 na Antártida

A equipe conjunta do Instituto de Tecnologia de Tóquio e da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (Jaxa) foi capaz de encontrar a primeira evidência sólida de orgânicos marcianos antigos contendo nitrogênio.

Além do carbono, o nitrogênio é um elemento essencial para a vida terrestre e um rastreador útil para se avaliar a evolução de um sistema planetário. 

Atsuko Kobayashi, pesquisador do Instituto de Ciências da Vida da Terra do Instituto de Tecnologia de Tóquio, explicou: 

“Existem duas possibilidades principais: eles vieram de fora de Marte ou formaram-se em Marte.”

E completou:

“No início da história do sistema solar, Marte provavelmente foi inundado com quantidades significativas de matéria orgânica, por exemplo, meteoritos ricos em carbono, cometas e partículas de poeira. Alguns deles podem ter se dissolvido na salmoura [marciana] e ficaram presos dentro dos carbonatos.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.