Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Método brasileiro consegue prever risco de obesidade e diabetes

Método brasileiro consegue prever risco de obesidade e diabete
COMPARTILHE

Método de alta precisão utiliza inteligência artificial combinada com o estudo de moléculas.

Uma equipe de pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveu uma tecnologia capaz de identificar se uma pessoa tem predisposição para engordar e desenvolver doenças como diabetes e hipertensão.

Com mais de 95% de precisão, o método é uma combinação de inteligência artificial com o estudo de moléculas ligadas ao processo de acúmulo de gordura no organismo.

A tecnologia, que pode ser utilizada mesmo que o paciente não seja obeso, funciona como uma estratégia para que ele receba orientações para mudar o estilo de vida antes de apresentar o quadro.

Flávia Luísa Dias Audibert, nutricionista e doutoranda da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, disse que os dados de 180 pacientes, entre pessoas com peso normal e acima do peso, foram utilizados para “treinar” o software.

Segundo o portal Terra, a pesquisadora declarou:

“A precisão de acerto desses biomarcadores é de 96%. Para esse modelo, quanto mais amostras receber, mais preciso ele fica.”

Os resultados da pesquisa, que recebeu incentivo da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), foram publicados na revista Frontiers in Bioengineering and Biotechnology.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários